Levantamento quantitativo de obras: o que é e como fazer?

Planejamento é essencial para alcançar bons resultados em qualquer projeto. O levantamento quantitativo de obras é a ação que permite o gestor fazer os cálculos de vários elementos que compreendem a construção e realizar o planejamento orçamentário.

A etapa garante a segurança financeira de um empreendimento, e é muito importante para manter o controle sobre os gastos da construção.

Basicamente, o objetivo é elaborar um orçamento, determinando a quantidade de cada um dos serviços e materiais necessários, mão de obra e prazos para aquela obra.

O que é o levantamento quantitativo de obras?

A etapa do levantamento quantitativo de obras consiste em uma análise do tipo do projeto, planta, especificações técnicas e materiais exigidos para um projeto de construção civil.

Com um exemplo prático: estima-se as horas de trabalho, a quantidade e o tipo de pisos requeridos, a área de pintura, o volume do concreto e outras variáveis necessárias naquela obra.

Tendo o projeto em mãos, as medidas verificadas que constam ali são tomadas como base para calcular a medida adequada de cada material (unidade, área, volume) e serviço.

A partir das especificações técnicas é possível separar os tipos de materiais: piso de cerâmica ou porcelanato; quantidade de latas de tinta para a área externa e interna; maquinários exigidos para o serviço; quantas pessoas trabalhando, entre outros custos, diretos e indiretos.

O levantamento quantitativo de obras deve ser preciso para permitir a determinação correta dos custos e do tempo necessário para que o projeto seja concluído.

 

Como fazer um levantamento quantitativo de obras eficaz?

Organize todos os projetos relacionados à obra

Para iniciar o levantamento quantitativo de obras, tenha em mãos todos os projetos que envolvem aquela construção, desde o arquitetônico, até estruturais, elétricos, de segurança, entre outros.

Busque preços atualizados do mercado

Para que seu levantamento seja correto, é necessário saber os custos reais dos materiais e mão de obra. Por isso, tenha sempre os preços atualizados do mercado.

Arquive tudo em uma planilha ou formulário

Para reduzir erros, facilitar alterações e manter a transparência, crie uma planilha ou formulário específico, que contenha as memórias de cálculo, características, especificações técnicas e todas as informações necessárias de forma padrão, que facilite a consulta posterior.

Seja preciso

Erros nessa etapa compreendem erros de orçamento da obra, e é de extrema importância que o levantamento quantitativo seja o mais assertivo possível, para um bom controle de custos.

Por isso, preste atenção nos cálculos das medidas de cada produto e serviço, leve em consideração a porcentagem para evitar desperdício ou falta de material, tenha em mãos o custo unitário e total de cada variável, e não esqueça os cálculos BDI – de custos indiretos.

Uma dica é manter as memórias dos cálculos, mas agrupar os serviços conforme suas especificações técnicas, pois assim, será possível determinar quais materiais ou serviços possuem mais impacto no orçamento.

Um levantamento quantitativo de obras organizado e bem elaborado pode contribuir muito para o sucesso de uma construção.

Quer saber mais? Visite nossas redes sociais ou entre em contato conosco e fique por dentro de todos os novos conteúdos.